RESENHA | O Coração da Esfinge, por Colleen Houck

img_4950
Não é novidade para quem me acompanha que desde a Saga do Tigre eu sou apaixonada pela escrita de Colleen Houck. Ano passado foi publicado aqui no Brasil o primeiro livro de sua segunda série, Deuses do Egito, sobre mitologia egípcia e eu simplesmente adorei. Recentemente eu tive oportunidade de realizar a leitura do segundo livro e, como esperado, amei cada página.

Depois de conhecer Amon, uma múmia egípcia ressuscitada, a vida de Lilliana Young muda para sempre. Envolvida na jornada de Amon em busca de salvar o mundo do Caos do deus Seth, Lily descobre um universo que imaginava apenas existir na mitologia. O que ela não esperava, contudo, era que fosse se apaixonar pelo príncipe egípcio imortal e, pior ainda, que esse sentimento não pudesse seguir adiante. Isso porque a missão de Amon é vir à Terra a cada mil anos para cumprir seu dever em apenas duas semanas. Após decorrido este período, ele precisa sacrificar-se e voltar ao mundo dos mortos.

Agora, em O Coração da Esfinge, encontramos Lily em busca de sobreviver à terrível dor que a partida de Amon a causou. Segue as ordens dos pais, matricula-se na universidade – tudo de acordo com o planejado por eles, já que depois de Amon ela nem ao menos sabe mais o que deseja. Porém nossa heroína é surpreendida ao saber que sua jornada não chegou ao fim. Agora, o bem do Cosmos depende dela em razão de uma desordem no mundo dos Deuses. Não somente isso, a vida de Amon no mundo dos mortos está correndo riscos e ninguém além dela será capaz de resgatá-lo.
img_4951
Um dos meus maiores receios acerca desta série é com relação à protagonista e ao romance desenvolvido. Tudo isso porque meu primeiro contato com a escrita de Colleen ao mesmo tempo que incrível, foi também muito traumático. Imaginava que a protagonista fosse me desapontar em suas escolhas e personalidade, porém não foi o caso no primeiro e – felizmente – no segundo livro da série. Lily é uma personagem forte, decidida e corajosa, capaz de fazer o que estiver ao seu alcance por quem ama.

Do mesmo modo, meu receio com relação ao romance não tomou grandes dimensões até o momento. Talvez um pouco após passado da metade da leitura, porém não passou de uma estratégia incrível que Colleen acrescentou ao desenrolar da história. Não tenho mais dúvidas de que além de uma narrativa incrível, criatividade infinita e maestria no desenrolar das tramas, Colleen também é uma ótima estrategista.

Em O Coração da Esfinge, temos um foco bastante nítido na protagonista e o desenvolvimento da trama através das descobertas feitas por ela. Não somente acerca do universo mitológico, também conhecemos mais sobre Lily em assuntos que nem ela própria dominava. A partir de determinado ponto da jornada de Lily, passa a ser nítido também o enfoque nos irmãos de Amon, Asten e Ahmose – e preciso dizer aqui que percebi neste segundo livro um certo padrão de desenvolvimento já visto na Saga do Tigre.
img_4958
Ainda assim, nada no livro me decepcionou. Ao contrário, a criatividade de Colleen atinge um novo patamar, apresentando não somente ficção, como também fatos acerca da mitologia egípcia. Porém, ainda que eu não tenha me decepcionado, confesso ter ficado confusa com o desfecho não muito claro que a autora deu à história deste segundo volume que, é claro, me deixou ainda mais ansiosa pela continuação.

O livro é um misto de tudo aquilo que adoro nos livros: personagens fortes e cativantes, misticismo, cenas de ação muitíssimo elaboradas, charadas e segredos a serem desvendados e heróis incríveis. Sem dúvida é uma ótima pedida aos amantes do gênero e que apreciam ficções mitológicas. Se você ainda não leu nada dessa autora, recomendo que comece já!

Continue Reading

Ação Literária Vida de Leitor – Semana #3

YAAAY!
Estamos na terceira semana da Ação Literária Vida de Leitor que, como vocês já sabem, está rolando no canal em parceria com outros canais incríveis. O tema dessa semana são livros que nós gostaríamos que fossem adaptados para o cinema. Foram vários livros incríveis indicados para vocês e os vídeos estão listados logo abaixo.
Esperamos que gostem! E não se esqueçam de visitar e se inscrever nos canais participantes: Equalize da Leitura, Minha Vida Literária, Livros & Fuxicos, Queridinhos da Estante, Resenhando Sonhos, Segredos Entre Amigas e, é claro, o Palavras Radioativas.

EQUALIZE DA LEITURA:

MINHA VIDA LITERÁRIA:

LIVROS & FUXICOS:

QUERIDINHOS DA ESTANTE:

RESENHANDO SONHOS:

SEGREDOS ENTRE AMIGAS:

PALAVRAS RADIOATIVAS:

Então é isso, pessoal.
Deixem aqui nos comentários o que vocês estão achando da ação e o que gostariam de ver por aqui!
Grande beijo e até o próximo post!

Continue Reading

BOOKHAUL | Livros recebidos em Agosto!

mvi_4906-mov

Oi, gente! Hoje é dia de Bookhaul do mês de Agosto e no vídeo eu mostro todos os livros que eu recebi. Tem muita coisa bacana e eu espero muito que vocês gostem. Não se esqueçam de deixar aquele comentário amorzinho que eu adoro responder e se gostar do vídeo, deixe seu like que me ajuda muito na divulgação. Agora, se você gostou mais ainda, que tal se inscrever? Tem novidade toda semana!!

https://youtu.be/eETiTLNIwPU

Livros mencionados:

A Rebelde do Deserto: http://amzn.to/2d8vr7F
Essa Luz Tão Brilhante: http://amzn.to/2cHKYwN
Outlander: http://amzn.to/2cinpM8
Box Divergente: https://goo.gl/TG67T2
O Ar que ele Respira: http://amzn.to/2d8uJqQ
O Coração da Esfinge: http://amzn.to/2cinkIv
Obsidiana: http://amzn.to/2ciqmfu
Coração Perverso: https://goo.gl/OziXyz

Continue Reading

RESENHA | Inverno Negro, por Stefano Sant’Anna

14389831_1097407780366045_1346004814_n
E aí pessoas, tudo bem com vocês?
Mais uma vez – como já é de se esperar, já que esse é o meu gênero literário favorito, eu me apaixonei pela história de Leonan Albuquerque contada no livro “Inverno Negro” escrito pelo Stefano San’t Anna. Vamos conferir a resenha?
Resultado de imagem para inverno negro livro

Autor: Stefano San’t Anna
EditoraEmpíreo
ISBN: 978-85-67191-19-5
Ano: 2016
Páginas:  352
Classificação: ♥ ♥ ♥ ♥  (Muito bom)

Onde comprar: Editora Empíreo|| Americanas  || Submarino

Leonan é um adolescente de 16 anos que vivia com sua mãe, Lydia, em Boa Esperança no Rio de Janeiro. Leonan não tinha amigos por ser um pouco egoísta e por não conseguir se encaixar verdadeiramente àquele mundo. Ele levava a vida como qualquer pessoa comum, porém um dia a vida “sem graça” que Leonan acreditara ter, mudou completamente do dia para a noite, literalmente.Enquanto assistia uma aula, Leonan teve um ataque epiléptico e foi preciso sua mãe ir busca-lo na escola, e foi a partir daí que tudo a sua volta passou a ficar confuso. Chegando em casa Lydia passou a agir completamente estranha, mas como já era de costume ele não dizia nada, apenas esperou o tempo passar. Até que num determinado momento eles recebem a inesperada visita de um caçador vindo de outro mundo, que em poucos minutos partiu o mundo de Leonan em dois. Tudo aquilo que ele acreditara ser verdade fora destruído. Lydia não era sua verdadeira mãe e ele havia sido sequestrado por ela de seu verdadeiro mundo.

Quanta coisa pra um dia não é? Mas ainda não acabou…

Após tantas descobertas sobre sua própria vida e de ter visto Lydia se suicidar bem na sua frente, Leonan foi levado pelo tal caçador ao seu verdadeiro mundo, a “Starlândia”. E as descobertas não pararam por aí, Leonan também descobriu que fazia parte da família real e que seu pai não havia morrido num acidente de caminhão como Lydia havia lhe contado.
14407760_1097407907032699_66968936_n
Ao chegar em Starlândia, Leonan conhece os irmãos Meydym, Samyra e Pittsonn, que o ajuda a desvendar seu passado e é através deles que ele descobre que seu pai, o rei Heldohan, havia sido sequestrado, que ele tinha uma irmã que também estava desaparecida e que todos os Agnianos (como são chamados todos os que vivem no Reino de Agnes e no Reino Marrom) estava sofrendo pela chegada do “Inverno Negro”.Antes de se suicidar, Lydia entrega a Leonan um bracelete que fora deixado de herança a ele. Esse bracelete possuía todo o poder do Éter, e Leonan para salvar os Agnianos e sua própria vida terá que aprender a dominar tal poder antes que tudo chegue ao fim. Mas, assim como na vida real nem todos são quem aparentam ser… Leonan acaba sendo enganado por alguém que nem mesmo esperava e se vê correndo um grande perigo.

O livro é narrado em primeira pessoa por Leonan e o enredo da história no início parece bem confuso, mas com o passar das páginas vamos conseguindo compreender tudo. Creio eu que que haverá continuação, já que a história toda não ficou bem esclarecida. Todos os personagens foram bem construídos e com personalidades bem fortes, como a de Samyra, que apesar de ser bem grosseira eu gostei bastante de como ela conseguia se destacar. E quanto a Leonan, por ser um garoto meio “misterioso” já ganhou meu coração. Apesar de tudo que aconteceu em sua vida, ainda sim ele consegue ser alguém extremamente admirável e corajoso.

14389859_1097408680365955_2057935187_n

Enfim, a leitura foi maravilhosa (não só porque amo fantasia hein). Gostei muito do fato de a história não ser nenhum pouco clichê, mal posso esperar pela continuação ❤ A diagramação, assim como a capa estão incrivelmente lindas, o trabalho da editora e do autor ficou sem sombra de dúvidas impecável.

Vale ressaltar também que a escrita do Stefano é maravilhosa, gostei muito da maneira com que ele descrevia os ambientes e narrava os fatos sem permitir que o a história ficasse “monótona”.
Bom é isso, espero que tenham gostado da resenha! Já conheciam o livro? E o autor? Deixa tudim aí nos comentário. Beijos e até logo!


Me acompanhe nas redes sociais
Continue Reading

Ação Literária Vida de Leitor – Semana #2

14212832_1403382326360295_8008975102661469315_n
Oi, gente! A segunda semana da ação Vida de Leitor foi finalizada no sábado, mas ontem já começaram a ser postados os vídeos com o tema da nova semana, então não perca tempo! Hoje, o post é pra você que não conseguiu acompanhar os vídeos da segunda semana, cujo tema foram os livros incríveis que pouca gente conhece.

Vem conferir as indicações! E não se esqueçam de visitar e se inscrever nos canais participantes: Equalize da Leitura, Minha Vida Literária, Livros & Fuxicos, Queridinhos da Estante, Resenhando Sonhos, Segredos Entre Amigas e, é claro, o Palavras Radioativas.

EQUALIZE DA LEITURA:

MINHA VIDA LITERÁRIA:

LIVROS & FUXICOS:

QUERIDINHOS DA ESTANTE:

RESENHANDO SONHOS:

SEGREDOS ENTRE AMIGAS:

PALAVRAS RADIOATIVAS:

Nós estamos muito empolgadas e fazendo tudo com muito carinho e amor pra vocês. Esperamos muito que estejam gostando dos vídeos! Comentem o que estão achando!!

Grande beijo e até o próximo post!

Continue Reading

Ação Literária Vida de Leitor – Semana #1

14212832_1403382326360295_8008975102661469315_n
A ação literária Vida de Leitor teve início há alguns dias. A proposta é que sete canais postem vídeos, cada um em um dia específico da semana, sobre temas estabelecidos. O primeiro tema foi sobre livro os livros difíceis com que cada booktuber já teve contato. Os canais literários participantes são: Equalize da Leitura, Minha Vida Literária, Livros & Fuxicos, Queridinhos da Estante, Resenhando Sonhos, Segredos Entre Amigas e, é claro, o Palavras Radioativas. Você pode conferir os vídeos deste primeiro tema em todos os canais logo abaixo.

EQUALIZE DA LEITURA:

MINHA VIDA LITERÁRIA:

LIVROS & FUXICOS:

QUERIDINHOS DA ESTANTE:

RESENHANDO SONHOS:

SEGREDOS ENTRE AMIGAS:

PALAVRAS RADIOATIVAS:

Nós estamos muito empolgadas e fazendo tudo com muito carinho e amor pra vocês. Esperamos muito que estejam gostando dos vídeos! Comentem o que estão achando!!

Grande beijo e até o próximo post!

Continue Reading

RESENHA | A Rosa Branca, por Amy Ewing

img_4930
Continuação de A Joia, livro que me surpreendeu ano passado, A Rosa Branca irá narrar a trajetória de Violet Lasting após o impactante fim do primeiro livro. A sequência da série me veio como uma confirmação do quão realmente incrível Amy Ewing é.

Após ter sido comprada em um leilão para ser a substituta de uma duquesa e, assim, gerar o filho de sua nova senhora, Violet Lasting descobre que os horrores da vida com a nobreza são ainda piores do que imaginava. Contudo, é lá que ela conhece seu grande amor e faz um amigo indispensável que promete sua liberdade da vida de servidão e enxerga um futuro importante em seu caminho.

Em A Rosa Branca, descobrimos junto com Violet que o futuro realmente reserva o que ela não era capaz de esperar. Com uma ajuda inesperada, ela busca salvar a própria vida fora do círculo da Joia e, nessa luta pela sobrevivência, acaba descobrindo muito mais. A cruel vida de servidão à realeza nos outros círculos é tão horrível quanto ela pensava, mas não é a única com sede de vingança pelas injustiças. Violet também conhece a existência de uma sociedade secreta antigovernamental, que busca, com unhas e dentes, justiça para seu povo e o fim da vida de súditos-escravos.

Além disso, a vida fora da Joia revela segredos sobre o passado da Cidade Solitária, bem como de seus antepassados e uma intensa ligação com eles. Tal ligação irá se mostrar indispensável na revolução que está apenas começando.
img_4931
Fazer essa leitura foi simplesmente incrível. Terminei o primeiro livro tão desesperada pelo segundo que seria impossível não ansiar por A Rosa Branca. O livro faz jus completo à grandiosidade do primeiro e não me decepcionou em nada.

O livro carrega uma carga densa de cenas reveladoras para a continuação da história, bem como diálogos surpreendentes e acontecimentos instigantes. Tais fatos, somados à maestria de Amy ao narrar a história, tornou a leitura impossível de ser concluída em alguns dias. Além disso, Violet é a figura da personagem forte que eu costumo adorar nos livros e, embora o foco seja nela, outras personagens ganharam bastante destaque e, outras ainda, foram apresentadas ao longo da narrativa.

Todos os elementos presentes no primeiro livro, como a tensão entre os servos e a realeza e os perigos ainda inimagináveis por vir, permanecem com tudo na sequência. Ainda, o romance existente entre Violet e Ash mantém-se da mesma maneira que no primeiro livro, muito bem balanceado com os outros elementos da história, de modo que nada ficou muito cansativo.

Ouso dizer que o grande foco neste segundo livro foram as descobertas feitas fora do círculo da Joia, tanto referentes à sociedade atual, quanto com o passado da cidade e das origens dela. Enfim, é uma continuação que realmente deu explicação para todos os acontecimentos e costumes dessa sociedade distópica, bem como apresentou realidades que serão desenvolvidas no próximo volume naquele jeitinho especial de Amy: deixando você simplesmente louco pelo próximo volume.

Por enquanto, eu mais que recomendo a trilogia da Cidade Solitária aos amantes do gênero. São livros surpreendentes e chocantes em alguns aspectos, mas que realmente irão prender o leitor até a última página.

FacebookInstagramTwitterCanal do YoutubeGoogle Plus
Continue Reading

RESENHA | Proibido, por Tabitha Suzuma

IMG_9257
Um livro intenso e perturbador, Proibido aborda tema tabu na sociedade atual: o incesto. Assunto que causa indignação e repulsa na maioria das pessoas, tal motivo leva diversos leitores a não terem interesse quanto diversos outros a ler se apaixonarem. Me encaixo no segundo grupo e aqui deixo meu apelo aos leitores em potencial da obra de Thabita: não deixe que seu preconceito prive você de ter contato com essa história incrível.

Lochan e Maya são irmãos e suas idades diferem em apenas 13 meses. Juntos, eles criam os irmãos mais novos – o problemático Kit de 13 anos e os dois menores. O motivo? Eles foram abandonados pelo pai que fugiu para um novo casamento e lidam com uma péssima figura materna. A mãe frequentemente ressalta o quanto não queria ter tido filhos e que tem o direito de viver, resumindo sua vida em álcool, saídas com o novo namorado e desperdício de dinheiro com futilidades.

Encontrando-se nesse cenário, Maya e Lochan aprenderam desde cedo a serem o suporte um do outro e o decorrer dos anos os ensinou muito sobre responsabilidade. Dividir o tempo entre levar os três irmãos à escola e irem para as suas próprias, as tarefas domésticas, o entretenimento dos irmãos, bem como o cuidado para com todos eles e, principalmente, manter o serviço social longe da realidade que enfrentam fez com que ambos amadurecessem muito rápido. Percebe-se logo a princípio que eles foram privados de uma infância saudável e um convívio comum entre irmãos, sendo levados a desenvolver uma relação de parceria – termo usado por eles algumas vezes ao longo do livro.
IMG_9253
Por outro lado, além do sentimento de dever para com sua família, Lochan precisa lidar diariamente com o seu pânico de se comunicar com as outras pessoas. Enquanto dentro de casa ele desenvolve relacionamento saudável com seus irmãos, fora ele luta contra o problema que pensa envergonhar a todos os irmãos e a mãe. Maya, ao contrário, é comunicativa e tem seu circulo de amizades na escola, mas percebe que nenhum de seus amigos são tão próximos dela quanto Lochan, seu suporte, seu melhor amigo, seu protetor.

Alternando a narrativa entre os pontos de vistas dos protagonistas, podemos conhecê-los em seu íntimo. Saber em primeira mão como lidam com as dificuldades por que passam, seus pensamentos e sentimentos e tão naturalmente quanto qualquer outra construção de afeto, os dois não percebem quando se apaixonam um pelo outro.

Não pensem que os dois não lutam contra isso, não demonizam o que sentem e não sentem nojo se si próprios, pois isso acontece. Ao longo do livro eles lutam ferrenhamente contra esse sentimento que os assombra. Só que eles chegam a conclusão de que em suas vidas anormais, não há nada natural do que o amor que dividem e é a partir de então que passam a lutar pelo sentimento. E é extremamente doloroso ler sobre as análises de um possível futuro juntos, onde não haveria preocupação com a possibilidade de os irmãos mais novos serem levados para lares adotivos ou poderiam viver tranquilamente sem serem julgados pela sociedade – ou pior, pela legislação.
IMG_9258
Proibido é um livro que cutuca nossa ferida e piora tudo jogando um punhado de sal dentro. É extremamente perturbador, polêmico, difícil e dramático. Por saber do assunto que o livro abordava, decidi fazer a leitura de peito aberto para o que viesse, mas eu não estava preparada para o bombardeamento de pensamentos e reflexões que o livro me traria. Isso sem falar nas emoções. Através da história de Lochan e Maya, Tabitha nos dá um banho de realidade ao mostrar que nada é tão preto no branco quanto nós pensamos e que, tratando-se do ser humano, há uma infinidade de possibilidades. E tratando-se de sentimentos, não há nenhuma verdade universal.

Sendo assim, enquanto fazia a leitura, fui instigada a concluir que há injustiça no meu julgamento ao relacionamento dos dois, uma vez que as circunstâncias em que eles se encontram são tão peculiares. E assim, voltamos ao ponto principal que, ao meu ver, foi exposto pela autora: as pessoas não são iguais e as situações pelas quais passam não são iguais. Sendo assim, não devem ser julgadas iguais, seja juridicamente ou socialmente. Não me levem a mal, a ideia de dois irmãos relacionando-se amorosamente é estranha, senão absurda, ao meu ver. Contudo, a situação desses dois me tocou profundamente, fazendo com que eu tivesse empatia por eles e até torcesse a partir de determinado ponto.

IMG_9254
Todo o livro é uma agonia resultante da dualidade entre certo e errado, desejo e dever. Todas as cenas sem exceção são extremamente intensas, com diálogos emocionantes – ora transbordando simplicidade, ora inflamando de emoção e sentimentalismo. Não acredito que este livro deva ser lido com esperanças de uma leitura simples e tranquila: confie quando eu digo que toda a leitura é um constante conflito. E esse conflito saiu das páginas e das vidas das personagens para os meus pensamentos, ao ponto de questionar minha própria consciência moral. Eu simplesmente amei o fato de ter saído de minha zona de conforto ao fazer essa leitura.

Toda a história é muitíssimo bem concluída e de extrema emoção, como já citado anteriormente. Além disso, as personagens são bastante tocantes, principalmente Lochan ao meu ver. É um livro extremamente indicado, com garantida de reflexões pessoais e sociais. Vale muito a pena ter a ferida cutucada por essa história. Vou carregá-la comigo para sempre.

Continue Reading

RESENHA | Belgravia, por Julian Fellowes

IMG_2797
Lançamento da editora Intrínseca, Belgravia é um romance histórico escrito pelo mesmo autor de Downtown Abbey. Escrito inicialmente como os romances de folhetins da era vitoriana, cada capítulo do livro é um desses folhetins, que foram juntados para formar o livro.

Na Londres de 1815, juntamente com a força da aristocracia há a ascensão da classe comerciante. Contudo, embora prosperem economicamente, socialmente a segunda classe não possui o mesmo prestígio que a primeira. E é nessa teia de interesses que a história é costurada, quando a família Trenchard, chefiada por um comerciante e a família Bellasis, da alta aristocracia, são unidas por um escandaloso segredo.

Tudo tem início no baile do duque de Wellington, nas vésperas da batalha de Waterloo. Em clima de festa, londrinos comemoram no baile em Bruxelas e também estão presentes os Trenchard. O convite, conseguido arduamente pela ansiosa Sophia, apaixonada pelo visconde Edmund Bellasis, surpreende não apenas aos membros de sua família, como também aos convidados do baile. Por outro lado, a conquista do convite é, aos olhos do pai da menina, o passaporte para a ascensão social de sua família.
IMG_2784
Quando Napoleão invade o país, levando o duque de Wellington a partir com suas tropas. O oficial e visconde Edmund também parte para lutar por seu país. Só que Sophia não imaginava que aquela seria a última vez que veria o homem de seus sonhos, bem como não estava ciente do que o futuro revelaria após a partida de seu amado.

A partir de então a história é apresentada ao leitor vinte e cinco anos após o lendário baile da duquesa de Richmond, no bairro de Belgravia. Após tanto tempo desde o baile, a família Trenchard ainda convive com os segredos daquela noite e o foco do livro vai ser justamente os acontecimentos do baile e as consequências envolvendo as duas famílias.

A trama é muitíssimo bem construída e conta com a narrativa de diversos personagens, de modo que não temos um único protagonista. Todo e cada personagem é de extrema importância para o desenrolar da história. No decorrer da leitura descobrimos que o segredo muito bem guardado por uma das famílias implica no impacto na vida de diversas outras, tanto positivamente quanto negativamente. Tal fato chama atenção inclusive de pessoas perigosas, o que aos poucos construiu um desenrolar que me instigou e envolveu ao longo de toda a leitura.
IMG_2798
Foi encantador a aproximação com todos os personagens, poder realmente conhecê-los em seu íntimo e saber do que todos eram capazes. Ao mesmo tempo em que conhecemos pessoas de ótima índole, também somos apresentados à mesquinhez por poder de muitas delas, fato muito bem explicado pelo contexto da época. Esse mesmo contexto também apresenta os costumes da sociedade daquele período e a intensa opressão feminina em detrimento da imagem masculina.

Contudo nada disso foi motivo para o livro ser menos que incrível, pelo contrário. A escrita de Julian é simples, porém envolvente e bastante descritiva tanto com relação às cenas quanto com relação ao próprio desenvolvimento da história e das problemáticas das personagens. O desenrolar da história foi, o longo do desenrolar das páginas, construindo vários clímax que envolviam todos os personagens, porém cada uma com sua importância.

É um livro recheado dos mais diversos temas tendo como pano de fundo a sociedade aristocrata da capital inglesa. Romances, intrigas familiares, vingança e adultério são apenas alguns dos tópicos que encontramos ao fazer a leitura de Belgravia. Certamente uma indicação aos leitores amantes do gênero, porém com um adendo: não inicie a leitura esperando encontrar um romance entre duas personagens. O livro vai muito além disso.

FacebookInstagramTwitterCanal do YoutubeGoogle Plus
Continue Reading

Fim do VEDA e Projeto Fotográfico + Surpresa!

Untitled-1

Agosto sempre é um mês bastante extenso. Só que para mim este foi ainda mais: VEDA e projeto fotográfico no instagram. Mas não de maneira negativa, jamais! Amei produzir conteúdo nos dois e senti um retorno muito incrível de vocês que me acompanharam. Muito obrigada!

Em razão disso, o meu agradecimento vem em formato de sorteio. Espero muito que gostem do que preparei para vocês neste último dia de Agosto.

O sorteio será realizado entre os inscritos do canal do Palavras Radioativas e os seguidores do blog no Instagram, já que o mês de Agosto foi quase exclusivo dos dois. Para participar é bastante simples.

Regras
1. Residir em território nacional
2. Seguir o blog no Instagram
3. Ser inscrito no canal do blog
4. Preencher o formulário abaixo

P_20160830_173334
O que vai no kit?
O kit sorteado é composto por:
1 livro Elos do Destino
1 livro Perfumes de Paris
Mais de 30 marcadores
2 bottons
2 pôsteres literários
Livretos

O sorteio ficará no ar do dia 31/08 até o dia 07/10.
a Rafflecopter giveaway

Boa sorte a todos e até o próximo post!

Continue Reading